• História e Novas epistemologias
    v. 10 n. 20 (2021)

    A Revista Eletrônica Trilhas da História é um periódico vinculado ao curso de História da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, campus de Três Lagoas. Ela completa em julho de 2021 uma década de contribuições para a pesquisa histórica em Mato Grosso do Sul. Seu propósito, desde o primeiro número, foi de atuar como uma via de mão dupla para a divulgação das pesquisas e atividades produzidas por docentes e discentes do curso de História do CPTL, ao mesmo tempo em que se oportuniza ao público nacional uma possibilidade de divulgação científica de qualidade, pautada em ética e compromisso profissional. Uma década depois de seu primeiro número a Revista Trilhas da História continua a tecer as trilhas da história, esperando que elas possam ser sempre ampliadas com a participação de múltiplos sujeitos, sempre motivados e constantemente impelidos a explorarem as trilhas do conhecimento no campo das ciências humanas através da pesquisa histórica, sempre com ética, responsabilidade e respeito a vida e a dignidade humana.

  • Relações étnicas - Racismo, Educação e Sociedade
    v. 10 n. 19 (2020)

    A proposta deste dossiê nasce como resultado do Simpósio Multidisciplinar de Relações Étnicas, realizado em novembro de 2019, com o mesmo tema, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Três Lagoas. Na ocasião do evento, organizado por docentes e discentes dos cursos de História, Geografia e Pedagogia, professores e professoras, assim como discentes, de variadas áreas do conhecimento, debateram os temas que tocam a Educação das Relações Étnico-Raciais nas suas múltiplas faces e experiências, em mesas, simpósios, oficinas e minicursos. Alcançamos, na época, o bonito objetivo de construir um espaço pluralmente atravessado por olhares decoloniais, narrativas indígenas, vozes negras de homens e mulheres, de estéticas diversas, em ações potentes e resistentes na denúncia das várias formas de opressão que marcam a nossa sociedade, mas ainda de (re)existências a demarcar a educação como instrumento de luta, vivida/produzida pela ação humana no tempo. Agora, compreendemos que o dossiê alimenta o anseio de manter vivo este espaço, germinado naquele momento histórico, por meio da publicação de textos que se preocupem em abordar as relações étnico-raciais como objetos de pesquisas. O dossiê pretende publicar artigos de palestrantes e participantes do evento, a serem submetidos nas normas da revista até o dia 30 de outubro de 2020, mas também de pesquisadores e pesquisadoras que contribuam com seus olhares críticos no fortalecimento da produção acadêmica das humanidades,  engajadas no enfrentamento aos muitos racismos, como problemáticas escolares, científicas e, de modo inescapável, históricas, políticas e sociais.

  • A teoria da história e a história da historiografia ante os desafios contemporâneos: saber histórico, comprometimento ético e ativismos políticos
    v. 9 n. 18 (2020)

    O dossiê “A teoria da história e a história da historiografia ante os desafios contemporâneos: saber histórico, comprometimento ético e ativismos políticos” surgiu a partir da ação conjunta do GT Nacional de Teoria da História e História da Historiografia da Associação Nacional de História – ANPUH, do Fórum de Teoria da História e História da Historiografia – FTHHH e do grupo de pesquisa Teoria da História e História da Historiografia no Brasil (UFMS), que reúnem pesquisadores de todas as regiões do país e de diversas instituições e níveis de ensino que refletem sobre a teoria da história e a história da historiografia como aspectos substanciais da produção do conhecimento histórico. Um dos propósitos que articulam esses grupos é contribuir para o fortalecimento dessa área de pesquisa não só nos meios acadêmicos, propondo agendas e debates, mas também procurando estabelecer a importância da aproximação desses historiadores com a sociedade e as demandas do tempo presente, ampliando com isso o horizonte de legitimidade social da disciplina e daquelas áreas de pesquisa.

    Organizadores do dossiê:

    Profa. Dr. Luiz Carlos Bento (UFMS/CPTL)

    Prof. Dr.Wagner Geminiano dos Santos (Redes municipais de ensino de São J. C. Grande e Água Preta – PE)

     

  • SOBRE A INTOLERÂNCIA
    v. 8 n. 16 (2019)