Foco e Escopo

O periódico Perspectivas da Educação Matemática é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), aberto à comunidade acadêmica.

Tem por finalidade divulgar a produção científica relacionada à área de Educação Matemática. A revista PEM aceita artigos científicos origniais e inéditos e traduções de artigos internacionais de notada relevância para o campo científico (com anuência do autor e editora). Não faz parte do escopo da Revista a publicação de Relatos de Experiência.  

O periódico Perspectivas da Educação Matemática tem como objetivos:

Geral:

- Publicar trabalhos acadêmicos que contribuam para a formação e o desenvolvimento científico da pesquisa em Educação no Brasil e no mundo e para a socialização do conhecimento produzido na área.

 

Específicos:

- Oferecer espaço para que pesquisadores da área educacional, em âmbito nacional e internacional, divulguem suas produções científicas.

- Divulgar a produção científica dos Grupos de Pesquisa vinculados às Instituições de Educação Superior, que desenvolvem pesquisas na área.

- Propiciar espaço de reflexão e debate acerca das questões que envolvem os problemas educacionais contemporâneos, configurados sob a forma de artigos de demanda ou dossiês que veiculem diferentes pontos de vista, convergentes ou divergentes.

- Estimular a produção científica docente e discente no âmbito da pesquisa e da pós-graduação.

 

Regulamento da Revista - Acesse a publicação diretamente no Boletim de Serviço da UFMS

 

Política de Acesso Livre

Revista de Educação Matemática é um periódico de Acesso Aberto, o que significa que todo o conteúdo está disponível gratuitamente, sem custo para o usuário ou sua instituição. Os usuários podem ler, baixar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou vincular os textos completos dos artigos, ou usá-los para qualquer outra finalidade legal, sem solicitar permissão prévia do editor ou do autor, desde que respeitem a licença de uso do Creative Commons utilizada pelo periódico. Esta definição de acesso aberto está de acordo com a Iniciativa de Acesso Aberto de Budapeste (BOAI).

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo (Acesso Aberto), seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. Os usuários podem ler, baixar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou vincular os textos completos dos artigos, ou usá-los para qualquer outra finalidade legal, sem solicitar permissão prévia do editor ou do autor, desde que respeitem a Licença Creative Commons: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/deed.pt_BR

Atribuição-SemDerivações-SemDerivados
CC BY-NC-ND

***

Under the following terms:

Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International (CC BY-NC-ND 4.0)

Tempo de Espera

Todos os artigos recebidos, após análise prévia dos editores, são imediatamente encaminhados para os avaliadores. Esta etapa tem tempo muito variado, conforme disponibilidade do avaliador e a necessidade de encontrar substitutos, no caso de declínio, ou de terceiro avaliador, no caso de empate. Assim, todos os artigos acabam por ter um processo único e exclusivo que os tornam independente de uma "fila" de artigos a serem publicados, ocasionando algumas vezes um tempo muito reduzido entre submissão e publicação e, outras vezes, o oposto disso. Estimamos como razoável o tempo de espera de 6 meses a 1 ano entre submissão e publicação.

Entenda os processos de avaliação e editoração dos artigos até a publicação

Neste fluxograma pode-se ver o processo editorial com foco nas etapas dos autores.

 

No fluxograma seguinte, o foco é dado no processo editorial, apenas para que os autores fiquem cientes do processo como um todo: